">

domingo, 2 de julho de 2017

Desaparecidos

Que seca de estória! Só não desisti, por uma questão de teimosia. São páginas e mais páginas a descreverem o estado mental da protagonista que, a propósito, não achei nada interessante. Pelo meio, aparecem outras personagens, mas não têm grande relevância. Trata-se de mais uma estória sobre relações abusivas, mas muito "dejá vu", não me cativou nem um pouco. Tanto alarido à volta do livro ...

Sem comentários:

Enviar um comentário